Em matéria do Jornal O Globo, Diogo Ciuffo opina sobre a nova tabela de frete, que gera insegurança entre caminhoneiros e produtores

16/01/2020 Imprimir Enviar E-mail

Na semana passada, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou a tabela com preço mínimo para os fretes. Motivo de grandes discussões, essa é a terceira versão elaborada desde 2018, após implementação da medida. A lei que estabeleceu o tabelamento será julgada pelo STF em fevereiro, em meio a um cenário de polêmicas entre produtores e caminhoneiros.

Na versão publicada neste ano, o aumento do frete foi de 11% a 15% se comparado com a norma anterior. No entanto, o presidente da União Nacional dos Caminhoneiros, José Araújo, não acredita que a tabela será cumprida. Segundo ele, alguns representantes do agronegócio e da indústria e donos de carga já afirmaram que não irão pagar os valores determinados na nova tabela.

Uma tabela já havia sido elaborada em julho do ano passado. Porém, diante da polêmica gerada, ela foi rapidamente cancelada pelo governo. A atual, divulgada na semana passada, além de fixar os valores de frete, inclui os custos de diária do caminhoneiro, além de valores de refeições e hospedagem. Será obrigatório, também, o pagamento de frete de retorno para operações que não podem trazer carga na volta do motorista ao local de embarque.

Os impasses envolvendo os interesses de caminhoneiros e produtores atingiu seu ápice com as manifestações e greves ainda no Governo Temer. Após as exigências dos caminhoneiros para redução do preço do diesel, o governo implementou o subsídio de R$ 0,30, que se encerrou em dezembro de 2019. O governo Jair Bolsonaro não renovou o benefício, mas estudou medidas para conter a volatilidade nos preços.

Para Diogo Ciuffo, que atende diversas empresas, a tabela de frete anunciada ainda é motivo de insegurança para os produtores: “A nova tabela reflete as reclamações dos caminhoneiros. É mais política que técnica, para atender as reivindicações dos caminhoneiros. A gente espera um ponto final da questão. Até hoje fica essa dúvida no ar. É importante que o STF decida logo”.

O STF marcou para fevereiro o julgamento sobre a validade da tabela de fretes, que ocorreria em setembro do ano passado, após a retirada de pauta do tema pelo relator do caso, o Ministro Luiz Fux.

Confira a matéria do jornal O Globo na íntegra. 



© 2014 Bichara Advogados

Luiz Gustavo A. S. Bichara

bichara@bicharalaw.com.br Idiomas

Área de atuação

Consultoria e Contencioso Cíveis e Contratos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec in ligula id sem tristique ultrices eget id neque. Duis enim turpis, tempus at accumsan vitae, lobortis id sapien. Pellentesque nec orci mi, in pharetra ligula. Nulla facilisi. Nulla facilisi. Mauris convallis venenatis massa, quis consectetur felis ornare quis. Sed aliquet nunc ac ante molestie ultricies. Nam pulvinar ultricies bibendum. Vivamus diam leo, faucibus et vehicula eu, molestie sit amet dui. Proin nec orci et elit semper ultrices. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Sed quis urna mi, ac dignissim mauris. Quisque mollis ornare mauris, sed laoreet diam malesuada quis. Proin vel elementum ante. Donec hendrerit arcu ac odio tincidunt posuere. Vestibulum nec risus eu lacus semper viverra.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec in ligula id sem tristique ultrices eget id neque. Duis enim turpis, tempus at accumsan vitae, lobortis id sapien. Pellentesque nec orci mi, in pharetra ligula. Nulla facilisi. Nulla facilisi. Mauris convallis venenatis massa, quis consectetur felis ornare quis. Sed aliquet nunc ac ante molestie ultricies. Nam pulvinar ultricies bibendum. Vivamus diam leo, faucibus et vehicula eu, molestie sit amet dui. Proin nec orci et elit semper ultrices. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Sed quis urna mi, ac dignissim mauris. Quisque mollis ornare mauris, sed laoreet diam malesuada quis. Proin vel elementum ante. Donec hendrerit arcu ac odio tincidunt posuere. Vestibulum nec risus eu lacus semper viverra.

Luiz Gustavo A. S. Bichara

bichara@bicharalaw.com.br Idiomas

Área de atuação

Consultoria e Contencioso Cíveis e Contratos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec in ligula id sem tristique ultrices eget id neque. Duis enim turpis, tempus at accumsan vitae, lobortis id sapien. Pellentesque nec orci mi, in pharetra ligula. Nulla facilisi. Nulla facilisi. Mauris convallis venenatis massa, quis consectetur felis ornare quis. Sed aliquet nunc ac ante molestie ultricies. Nam pulvinar ultricies bibendum. Vivamus diam leo, faucibus et vehicula eu, molestie sit amet dui. Proin nec orci et elit semper ultrices. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Sed quis urna mi, ac dignissim mauris. Quisque mollis ornare mauris, sed laoreet diam malesuada quis. Proin vel elementum ante. Donec hendrerit arcu ac odio tincidunt posuere. Vestibulum nec risus eu lacus semper viverra.

Luiz Gustavo A. S. Bichara

bichara@bicharalaw.com.br Idiomas

Área de atuação

Consultoria e Contencioso Cíveis e Contratos

Envie para um amigo